Primeira Função lança novo single “Quebra Cabeça”!

Posted on Setembro 25, 2012

3



Imagine o mundo como um grande quebra-cabeças, em que cada peça é  parte do sistema, deste grande sistema corrupto e cruel de que fatalmente fazemos parte, querendo ou não. Este é o princípio de novo single do grupo Primeira Função, “Quebra-Cabeça” a ser lançado com cobertura exclusiva pelo Massala.

Segundo nosso bate papo com Base Mc, ele nos explica que todo este desconcerto que o sistema faz com a população, como por exemplo, dificultando nosso acesso a bens culturais, educacionais, informações de todas as áreas que necessitamos para ter uma vida minimamente boa nos é ocultada, ou somos enganados, oferecendo ao povo, especialmente o de periferia uma educação péssima, um sistema falido, onde alunos são aprovados sem sequer serem alfabetizados, popularmente “burros com diplomas”.

As músicas que nos impõe como sendo boas para nós, programas de televisão bons para nós, nos alienando com a política do pão e circo, infalível desde a Antiguidade, e nunca foi tão bem aplicada como no Brasil favorece a ocultação das reais informações ao povo, que não sabe a realidade, e anestesiada por tanta falsa diversão e alienação, sequer questiona seu papel nesta sociedade.

O grupo Primeira Função, através desta música, teve como papel diagnosticar o que e como cada peça no mundo e na sociedade é importante, e também que estas peças possam agir coletivamente e de forma organizada, porque o sistema age coletivamente e organizado, mas prega cada dia mais para que você (povo) seja individualista e claro, se desfragmente. Se tivéssemos todas as peças juntas, que seria a massa, o povo, informados, conscientes de seu papel, de sua importância, em luta pelos seus direitos, formaríamos a verdadeira imagem do mundo que sempre gostaríamos que fosse!

Para entender essas e mais mensagens, só ouvindo e curtindo o som! Portanto, com vocês “Quebra-Cabeça”, Primeira Função no ar! Apreciem sem Moderação!

Primeira Função – Quebra Cabeça

(prod. Timm Arif) [Single] – BR14L1200027

Ficha Técnica:

Música: Quebra Cabeça

Composição e Letra: Timm Arif & Fahim

Produção e Arranjo: Timm Arif Co

Produção e Baixo por: Base Mc

Gravado, Mixado e Masterizado no RefugiAudio-Estúdio por: Base Mc

Arte Da Capa: Juliano Nakamura – Proibido Estacionar

Obrigado Pelo Download, Divulguem O Rap!

http://www.myspace.com/primeirafuncao http://www.soundcloud.com/primeira-funcao Twitter: @Primeira Função | @Base_Mc | @Timm_Arif | @Fahim1Funcao

Quer baixar? Clique aqui 

LETRA: Quebra Cabeça

Timm Arif

Dissipa estrela/
Brilho intenso Nirvana/
Provoca a luz ressarcimento
Aos olhos/
Refazendo os poros/
E os cloros ficam na loja/
Contra a pele seu cabelo/
Seu traço perfeito e preto/
Eclipse no céu acena/
Acaba o abatimento/
E o movimento em choque/
Eles decidem no revólver/
A Terra não devolvem/
E o sonho se dissolve/
Hã... Resolve e dorme/
Descida aos ralos/
Canos e ratos/
Servida em pratos/
Serei meu samurai/
Na paciência "cos" morteiros/
Seu estômago contrai/
não te trai convicção/
Conhecimento de luz própria sais/
Inspirações
 Como a água escorrem aos dedos/
No racionamento/
Cada pingo é poesia ao vento/
Pela razão não chapar/
Não fingir ser feliz/
Minha bandeira rapá/
Ninguém pode carregar/
Bem vindo a selva sem ar/
Onde o dom de respirar/
É suicídio ofegante dá...

REFRÃO:  Peça de cada quebra/
         Desconcerto hiberna a leva/
         Eu tenho vários em milhões/
         E você me esconde as coisas dela/
         Adrenalina mulher/
         Caminho louco em meus pés/
         Seja na Sorte ou revés/ (2x)

Fahim Função

 Não vou mais pensar 2 vez em dar tiro nos putas por que esta demais/
 Agora quem bola o plano de fuga, a honra é o mérito/
 Que se foda a fama e seu lucro, minha mensagem fudendo os covardes/ 
 Estou louco pra carregar denovo o ferro/
 Atire e mate quem não é nenhum pouco verdade aqui/
 Fidelidade é pra quem é se vende ao monetário/
 Não sou da máfia como alguns hoje só falta dar o cú por dinheiro/
 Vou rir, da fortuna grande sem honra que é nada/
 Não sabe de onde eu vim por que nunca foi o que eu sou/ 
 Que me fez assim tão cético que vou/
 Foda-se você junto com os polícia catarro monstro/
 Pronto o que tira com a tossida monstra/ 
 Limpa a ira se a neurose monta se deixar por cima/
 A vista pitica quando surte o efeito da planta/ 
 Mó larica, vi mais um dejavu/
 Os vermes queimando como sempre quiseram ser escada pra alguns/
 Alcançar a honra sempre como um bom bandido zulu/ 
 Não é pra esses e não somos um deles, nenhum/
 Pensa como a nossa mente atrai/ 
 Comédia que liga pros outros comédia pedindo socorro/
 Caguetando a fita sempre roda/
 O fatalismo que mata os fracos é vitamina pros fortes/
 Uma árvore que vai bem alto não dispensa a chuva e a tempestade/
 É, pra quem pode assim ser como as árvores, 
 Que realmente a honra humana/
 Encontre o seu mais alto ápice no ser...

Timm Arif

Pouca sorte a reação/
Plenitude é consequência/
Eficiência na extração/
Pra não gerar demência/
Da laje a imensidão/
Na dimensão me vejo livre/
Como a linha do Chile/
Rima afiada nunca perde o pique/
É no revide/o que se divide/
São lemas, problemas infinitos/
Oferecem recompensa no esquema/
Se segue os temas?/
Por mim, que se foda/
É como um quadro lindo a óleo/
Em meio a gente tola á toa/
Á queima roupa cética ideia/
Congesta/ "ce" quer falar de mim/
Zé povinho na sua vila faz a festa/
Pela morte/pela queda/
Mas nunca pela vitória/
Das idéias To correndo/
Se enforca/
Frases chacais/
Entre seres banais/
Imortais me refaz/
Os Eruditas letais/
Viveram lutas fatais/
Eternizado no corre/
Só quem ruma ao que pode/
Entende a força do totem/
Devolve o soco mais forte/
Kanysh  nicove mercador da morte/
Nunca se descobre/
Enquanto minha gente morre/
Por que me envolve?/
Meu passado/
A consistência da raiz/
O vingativo descendente/
Que não segue o que cê diz/
Como quis lá no principio/
Ao intervir/
Fome de liberdade/
É contada a cada grão aqui/
Por isso vim pelo que vi/
Não pra assistir/
Mas pra saber que venci/
Quando a vida se extinguir de mim...

REFRÃO:  Peça de cada quebra/
         Desconcerto hiberna a leva/
         Eu tenho vários em milhões/
         E você me esconde as coisas dela/
         Adrenalina mulher/
         Caminho louco em meus pés/
         Seja na Sorte ou revés/ (2x)
Anúncios