Rap, teatro e condução em “Transportando Rimas”

Posted on Abril 12, 2012

0



Imagine você, dentro do transporte público nosso de cada dia, acontece uma cena inusitada, como uma discussão porque tem um chato ouvindo funk sem fone, ou porque o vendedor de balas entrou, ou mesmo uma entrevista com os passageiros sobre o transporte público? Você participaria de uma situação destas, sendo como entrevistado, ou mesmo se expressando em uma situação de debates?

Sem perceber, você estaria participando do projeto Transportando Rimas. Esta  proposta foi uma das vencedoras do Edital de Co-patrocínio para Primeiras Obras, do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ), e foi idealizada pelos MC’s Raphão Alaafin e Rocha (Q.I. Alforria).

Raphão Alaafin

“Transportando Rimas” consiste em criar situações, dentro do transporte público, para mostrar as dificuldades, opiniões, vontades, sonhos de uma população desconhecida da grande mídia, invisível socialmente, mas que todos os dias está naqueles locais, e possuem, como todos nós, muito a ser ouvido e falado! Utilizando-se de técnicas do Teatro do Oprimido e Teatro Invisível, de Augusto Boal, os MC’s apoiados por uma equipe de filmagem com a fotógrafa Jess Penido e o editor Diego Soares, teatro e “curingas”, que são os “atores” que compartilham as cenas, como os amigos Ana Fonseca, Paulo Rams e Fabíola Ribeiro, os MC’s embarcam nestas viagens, e pelas cenas, colhem informações preciosas da vida destas pessoas, que serão transformadas em rimas, música e um EP exclusivo sobre os temas.

Rocha

Detalhe: nenhuma pessoa sabe que é um projeto e que são cenas embasadas em técnicas teatrais, o que dá mais veracidade para nossas ações. Ainda contamos com câmeras escondidas, porque nem todas as cenas podemos realizar com a câmera à vista da população.

Emerson Alcalde

O projeto teve uma primeira fase, onde os MC’s realizaram workshops de Teatro do Oprimido e Teatro Invisível com o poeta, ator e diretor teatral Emerson Alcalde. Agora estão, simultaneamente, nos processos de filmagens (essas que estamos falando) e gravações das músicas escritas para este CD especial. O lançamento do trabalho será dia 01/07/2012, no próprio CCJ.

Para saber mais sobre Teatro do Oprimido e Teatro Invisível acesse este link e Teatro do Invisível neste link