Confira como foi o Workshop “Design Gráfico p/ Hip-Hop” de Man Araújo!!!

Posted on Setembro 1, 2011

2



A arte de fazer flyers, capas de CD’s e logomarcas. Para quem achou que é algo fácil demais, e só juntar cores parecidas sem ter um planejamento do que quer ser passado, se enganou, e feio.

Na quinta feira, 25 de agosto, o publicitário, designer gráfico e MC do grupo Filosofia de Rua, Man Araújo mostrou que para se chegar ao resultado final dos tão conhecidos flyers de eventos que vemos por aí, ou as capas de CD’s tem um estudo prévio e principalmente, como atrair o objetivo maior de qualquer produto cultural, seja uma festa ou um CD: o público.

Sempre bem humorado e divertido, Man fez com que o workshop realizado na Livraria Suburbano Convicto, do escritor Alessandro Buzo deixasse um gostinho de “quero mais” a quem o presenciou.

Explicou a tipologia das cores e a sua filosofia: “O preto, para algumas pessoas, significa sombra, morte e para outras não. Agora, uma coisa é fato: se você quer vender, use vermelho!”. Também mostrou o que cada cor passa como mensagem quando nós olhamos: o vermelho, acima citado, representa também paixão, vitalidade, atenção e sangue. O azul representa calma, paz e jovialidade. Ou seja, quem faz um trabalho de arte gráfica deve atentar para o que a cor pode passar como imagem e principalmente, a que público que se destina a arte.

Man também mostrou as principais logomarcas existentes atualmente, e explicou o por que do sucesso delas: Nike, Google, e representando o Rap a Porte Ilegal (de sua criação) e o logo dos Racionais MC’s. Depois disso, Man fez uma comparação de flyers e capas de CD’s bem e mal sucedidos, para que os alunos presentes pudessem perceber quais os maiores erros e acertos na arte gráfica e não cometer os “erros” e investir nos “acertos”. Este tipo de comparação também serviu para todos os presentes perceberem que fazer um flyer ou uma capa dá um trabalho enorme, deve ser algo planejado, pensado e entender que mesmo aqueles “mal sucedidos” foram feitos com o esforço do designer, talvez por não conhecer tanto deste processo, não conseguiu atingir uma excelência, mas fez o seu melhor, dentro de suas possibilidades.

Por fim, usando o Photoshop, Man montou na prática um flyer e uma capa de CD, para que o público pudesse ver como é o processo de montagem da arte: padronizar as cores da pele das pessoas, caso tenha foto, ter uma harmonia nas posições corporais, nas cores de fundo, nos detalhes, o cuidado para se escolher no máximo duas fontes de letra a serem utilizadas e muito mais.

Não só nós do Massala, mas o próprio Man e os presentes saíram felizes e gratificados com este workshop, e com a vontade que ele pudesse ser realizado uma, duas ou muito mais vezes!

Quem não pode comparecer, ficou chateado. Mas, pensando nisso Man Araújo disponibilizou os links em Power Point do seu workshop. Para quem não foi, é uma chance de conhecer tudo o que foi ministrado. E para quem foi, é uma oportunidade de treinar o conhecimento adquirido com Man. 

WorkShop apresentado:

http://www.filesonic.com/file/1825679874/00_design_grafico_WS.zip

 Dicas sobre obras que falam sobre Design Gráfico
http://www.filesonic.com/file/1824027034/01_dicas_de_obras_DG.zip
Tipografia:
http://www.filesonic.com/file/1824027044/02_Tipografia_02.zip
Tipografia 02:
http://www.filesonic.com/file/1824027054/03_Tipografia.zip

 
Tipografiados anos 70 (muito interessante):
http://www.filesonic.com/file/1824027064/04_Tipografia_dos_anos_70_Samuel_Cifuentes.pdf.zip
Sobre as cores:
http://www.filesonic.com/file/1824027074/05_Cores.zip

Confira mais fotos do Workshop “Design Gráfico para o Hip-Hop”:

 

Quer saber qual será  o próximo workshop do Projeto Sessions? É “Produção Musical”, com o proprietário do Coisa Simples Estúdio, Videomaker e Produtor Musical Iuri Stocco. E em novembro, não perca: estreia a Rádio Web Sessions Brasil, com 24 horas dedicadas à música negra e suas vertentes. Mais espaço para o Rap! Vamo que vamo!